CT - Flamengo - Por: Rodrigo Santos - Especialista Fire Master Academy

Por: Rodrigo Santos da Silva - Especialista Fire Master Academy


Foram indiciadas sete pessoas por homicídio de dez atletas, no interior do CT do Flamengo, entre elas o ex-presidente do clube Eduardo Bandeira de Mello, que tem parte da responsabilidade sobre a tragédia do último 08 de Fevereiro, o ex-dirigente poderá responder por homicídio com dolo eventual, quando se assume o risco de matar.

Instalações inadequadas para a utilização como dormitórios, sem sistema preventivo contra incêndio capaz de evitar o fogo descontrolado, produziram interdições do poder público municipal, desrespeitadas pelo clube.


Processos indenizatórios e administrativos continuam em curso, e ficam algumas perguntas:


Detectores de fumaças poderiam disparar o alarme e todos estariam salvos?


O COSCIP-RJ está obsoleto?


Quem são os responsáveis do CBMERJ em orientar engenheiros credenciados?


Faltou fiscalização da Prefeitura/ CBMERJ?


Por que é tão árduo e incerto aprovar um projeto contra incêndio no Rio de Janeiro?


O Flamengo foi negligente?


São tantas perguntas, mas a certeza é que precisamos desenvolver uma cultura de segurança em nosso dia a dia, deveria ser implantado no ambiente escolar, com treinamentos práticos, de combate a incêndio, primeiros socorros, precaução doméstica.

Muito seria evitado.


Entretanto, nesse período de conclusão do inquérito policial, o Flamengo conseguiu o certificado de aprovação do CBMERJ, após cumprir exigências da corporação.



41 visualizações

Av. Reg. Feijó, 944

Vila Formosa 

São Paulo - SP

03342-000

  • Facebook - Grey Circle
  • YouTube - Grey Circle
  • Instagram - Grey Circle
  • LinkedIn - círculo cinza
Copyright © marcioferreira.eng.br 2019 - Todos os direitos reservados
  • Facebook Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • LinkedIn ícone social
  • Instagram ícone social
  • whats 3